menu
18 de Julho de 2024
facebook instagram whatsapp
lupa
menu
18 de Julho de 2024
facebook instagram whatsapp
lupa
fechar

POLÍTICA MT Sexta-feira, 07 de Junho de 2024, 09:09 - A | A

Sexta-feira, 07 de Junho de 2024, 09h:09 - A | A

EXONERADOS

Chico 2000 confirma exoneração de 3 servidores presos em operação

Chico destacou que a decisão de exonerar os servidores foi tomada imediatamente após a prisão, ressaltando que caso a inocência de algum deles seja comprovada no futuro, a recontratação não está descartada

 

O presidente da Câmara de Vereadores de Cuiabá, Chico 2000 (PL), confirmou nesta quinta-feira (6) a exoneração de Rodrigo Leal do cargo de coordenador do Cerimonial, além de outros dois servidores comissionados que foram presos na Operação Ragnatela, deflagrada na quarta-feira (5).

 

Chico destacou que a decisão de exonerar os servidores foi tomada imediatamente após a prisão, ressaltando que caso a inocência de algum deles seja comprovada no futuro, a recontratação não está descartada.

 

A operação policial investigou a ligação de criminosos ligados ao CV na aquisição de casas noturnas em Cuiabá com lucros provenientes de atividades ilícitas.

 

Foi identificado também o envolvimento de um grupo de promotores de eventos em shows de MCs nacionais, financiados pela facção criminosa.

 

Além disso, a investigação revelou que a facção ordenou a não contratação de artistas de São Paulo, por ser o berço do PCC, facção rival do Comando Vermelho.

 

Isso resultou na hostilização do MC Daniel durante um show em Cuiabá, em dezembro de 2023, e na punição de um integrante da facção.

 

Agentes públicos, como o vereador Paulo Henrique, também foram identificados como apoiadores dos criminosos, facilitando a realização dos shows sem a documentação necessária.

 

A partir disso, a exoneração dos servidores envolvidos na operação se tornou uma medida necessária para garantir a integridade e a transparência na gestão da Câmara de Vereadores de Cuiabá.

 
 

> Click aqui e receba notícias em primeira mão.


Comente esta notícia