menu
18 de Julho de 2024
facebook instagram whatsapp
lupa
menu
18 de Julho de 2024
facebook instagram whatsapp
lupa
fechar

KHARINA NOGUEIRA Domingo, 09 de Junho de 2024, 10:02 - A | A

Domingo, 09 de Junho de 2024, 10h:02 - A | A

Sem raspagem

Cirurgião plástico e especialista em transplante capilar, Dr. Carlos Calixto explica como funciona a técnica FUE


A calvície é uma preocupação para mais de 42 milhões de pessoas no Brasil, de acordo com dados da SBC (Sociedade Brasileira do Cabelo). Neste contexto, destaca-se a técnica FUE de transplante capilar, que permite a extração dos fios de forma individual do couro cabeludo, sem a necessidade de bisturi, conforme explicado pelo Dr. Carlos Calixto, médico cirurgião plástico especializado em transplante capilar, em Goiânia- GO.

O Dr. Calixto ressalta que a técnica FUE dispensa a utilização de pontos de sutura, sendo atraente para muitos devido à recuperação mais rápida em comparação com métodos convencionais. Além disso, oferece menos dor pós-operatória e permite um retorno quase que imediato às atividades físicas. No entanto, é importante frisar que quando realizado de forma tradicional, pode ser necessário raspar os fios, o que pode ser uma desvantagem em relação ao Transplante Fue LongHair.

Muitos profissionais e figuras públicas procuram a técnica para manter a discrição, evitando assim a necessidade de alterar sua aparência raspando a cabeça. A clínica do Dr. Calixto tem sido bastante procurada pelo público feminino, graças à possibilidade de realizar o transplante sem a raspagem dos cabelos.

O Dr. Calixto destaca que sua sua técnica inovadora faz dele um dos poucos no mundo a oferecer o transplante capilar sem a necessidade de raspar os cabelos, o que é considerado ponto importante para os pacientes. A técnica exclusiva requer um nível avançado de habilidade, sendo pouco comum encontrar cirurgiões capilares que realizem o procedimento sem a raspagem.

Álbum de fotos


Comente esta notícia