Taques reage e coloca seu ex-secretário de Segurança na mira, por rede de ‘escutas clandestinas ‘

Taques reage e coloca seu ex-secretário de Segurança na mira, por rede de ‘escutas clandestinas ‘

- em Política
Comentários desativados em Taques reage e coloca seu ex-secretário de Segurança na mira, por rede de ‘escutas clandestinas ‘
Foto: Gcom-MTFoto: Gcom-MT
O promotor de Justiça, Mauro Zaque e ex-secretário de Estado de Segurança Pública deverá responder a duas ações interpostas pelo governador tucano, Pedro Taques.  Após o escândalo de suposta rede de grampo ilegal instalada à pedido do gestor estadual, e que incluiria pelo menos 120 nomes, dentre eles parlamentares, médicos e jornalista, Taques ingressou com as representações contra Zaque. Uma no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e outra na Procuradoria Geral de Justiça (PGJ). A informação sobre a denúncia do governador veio do Gabinete de Comunicação (Gcom).
As cópias das representações foram encaminhadas ao Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, onde o ex-secretário fez denúncia da existência de uma rede de escutas clandestinas feitas pela Polícia Militar de Mato Grosso, que segundo ele, ocorriam com o conhecimento do governador. Que veemente nega e acusa o promotor de fraude.
Uma das representações, direcionada ao procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo, pede investigação da conduta do promotor Mauro Zaque, que denunciou a prática de “barriga de aluguel”, quando números de telefone de pessoas inocentes são inseridos misturados aos de pessoas acusadas de crimes, em interceptações telefônicas no Estado.
O próximo procedimento será entregar à Corregedoria do Ministério Público para que a representação do gestor estadual seja analisada. Se aceita será aberto um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar a conduta profissional do promotor.
Taques acusa Zaque de falsificação de documento público (artigo 297 do Código Penal), prevaricação por ter deixado de praticar ato de ofício (artigo 319 do CP) e ainda denúncia caluniosa (artigo 339 do CP).

Facebook Comments

Veja também

Legislativo estadual, Senado e Dnit assinam ordem de serviço para obras na BR-174

Foi assinado neste final de semana, uma ordem