Receita Federal dá aval para que Marechal Rondon opere voos internacionais

Receita Federal dá aval para que Marechal Rondon opere voos internacionais

- em Cidades
Comentários desativados em Receita Federal dá aval para que Marechal Rondon opere voos internacionais
Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

Representantes do Governo do Estado, da Câmara Federal e da Infraero visitaram nesta quinta-feira (18.01) a área de embarque e desembarque internacional do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande. Na ocasião, o superintendente da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), Luciano Porfírio Segura, comunicou que a Receita Federal deu, esta semana, a autorização para que o aeroporto possa operar voos internacionais, especialmente o voo entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. Agora, falta apenas a anuência da Polícia Federal para que o Marechal Rondon passe a ter voos internacionais.

Junto com a Receita, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) também já deram permissão para os voos internacionais.

Participaram da visita os secretários de Estado Carlos Avalone (Desenvolvimento Econômico), Luis Carlos Nigro (adjunto de Turismo) e Wilson Santos (Cidades), o deputado federal Vitório Galli e representantes do trade turístico de Mato Grosso.

“Neste encontro, ficou definido que o superintendente da Infraero irá agendar, com o novo superintendente da Polícia Federal no Estado, uma reunião, já na próxima semana, visando pedir agilidade no processo de liberação dos voos por parte da Polícia”, explicou Luis Carlos Nigro.

A reunião contará com representantes do Governo Estadual. O deputado federal Vitório Galli também irá agendar uma reunião, em Brasília, com o diretor geral da Polícia Federal com a mesma finalidade.

Toda a infraestrutura da área de embarque e desembarque internacional do Marechal Rondon está pronta desde o primeiro semestre do ano passado.

A Receita Federal comunicou que terá capacidade para atender a 200 pessoas por hora, o que foi considerado pelo Governo e a Infraero uma excelente notícia, já que com este número, inúmeros outros voos internacionais poderão operar no Marechal Rondon e não somente o voo da Azul para a Bolívia.

Cuiabá – Santa Cruz de La Sierra

A empresa Linhas Aéreas Azul aguarda apenas a liberação do Marechal Rondon e do Governo da Bolívia para iniciar o voo direto entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra.

Este voo está sendo aguardado com ansiedade pelo setor turístico do Estado. O secretário Luis Carlos Nigro destaca que a ligação com a cidade boliviana “abre portas para o turismo e também destinos na Europa, Estados Unidos da América e países sul-americanos. O voo da Azul poderá trazer muitos visitantes da Europa e dos Estados Unidos, porque em Santa Cruz de La Sierra existem voos diretos e diários para estes destinos”.

A ligação com Santa Cruz também servirá para encurtar a distância de muitos destinos internacionais, evitando que estes trajetos sejam feitos via São Paulo ou Rio de Janeiro.

O voo entre Cuiabá e Santa Cruz será feito, inicialmente, três vezes por semana, com um avião Embraer que tem capacidade para 106 pessoas.

Facebook Comments

Veja também

Definida empresa que vai construir pontes sobre o Ribeirão do Lipa, na Estrada da Guia

Governo reduziu em 15% os custos para construir