MT sedia encontro entre secretários de segurança pública da Amazônia Legal

MT sedia encontro entre secretários de segurança pública da Amazônia Legal

- em Cidades
Comentários desativados em MT sedia encontro entre secretários de segurança pública da Amazônia Legal
Foto: Gcom-MTFoto: Gcom-MT

O encontro entre secretários estaduais de Segurança Pública de Mato Grosso, Acre, Amazonas, Pará, Maranhão, Rondônia, Tocantins e Amapá apontou as ações que serão incrementadas nos estados em prol do enfrentamento ao tráfico de drogas, crimes ambientais e conflitos agrários.

Dentre os pontos destacados na reunião realizada durante o “15º Fórum dos Governadores da Amazônia Legal”, está a criação de uma agência integrada de inteligência entre todos os estados que compõem a Amazônia Legal. Esta integração vai permitir o compartilhamento do banco de dados e proporcionar a realização ações integradas.

Durante a abertura do Fórum, os gestores de segurança pública dos oito estados se reuniram para debater ações e estratégias a serem adotadas para promover o avanço no enfrentamento à criminalidade nos estados.

Dentre os apontamentos dos secretários está a necessidade de participação do Governo Federal no combate ao narcotráfico, principalmente na região de fronteira, reforçando a importância do compartilhamento de informações com os órgãos estaduais de segurança pública.

Destinação de recursos específicos para a prevenção primária, formalização de parcerias com os municípios visando a criação e efetivação das guardas municipais, integração de informações dos bancos de dados de inteligência das agências de segurança pública, cooperação na área de tecnologia de informação e cooperação para a formação, especialização, aperfeiçoamento e qualificação de profissionais do sistema de segurança pública.

Após encontro, os secretários formalizaram as decisões em uma carta e a mesma foi apresentada nesta sexta-feira (11.08) aos governadores dos respectivos estados, que aprovaram e destacaram a necessidade de buscar meios para efetivar as ações.

O secretário de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso, Rogers Jarbas, disse que a união de forças entre os estados promoverá avanços e o alcance de melhores resultados.

“Trouxemos alguns temas para a produção da carta de Cuiabá, dentre eles o principal foco é a questão de fronteira e o sistema de inteligência. A partir de uma análise criminal nós teremos condições de realizar ações integradas. É uma integração entre os sistemas de segurança pública e todos estados da Amazônia Legal. Estamos focados nas atividades de inteligência, no combate ao tráfico de drogas, de armas, homicídios e roubos. É um trabalho conjunto em todo estado da Amazônia Legal para melhorar a vida das pessoas que vivem nesta região”.

Representando o estado de Rondônia, o secretário de segurança pública, coronel PM Caetano Souza, destacou a importância dos estados da Amazônia no cenário nacional.

“O fórum dos governadores da Amazônia é um grande avanço em termos de segurança pública e de outras áreas, mas o principal fator é a conciliação do grande processo de integração. Os estados da Amazônia hoje representam 62% dos territórios nacional. As nossas fronteiras são difíceis e precisamos de uma ação integrada para alcançarmos melhores resultados”, enfatizou.

Foram dois dias de evento. Participaram ainda os secretários, general Jeannot Jansen (Pará), Haydée Magalhães (Roraima), o delegado Guilherme Rocha (representando Tocantins), Andrey Hollanda, procurador geral do Acre, Orlando Amaral (Amazonas). O evento foi realizado no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá. Um novo encontro vai acontecer em outubro, em Rio Branco, no Acre.

Facebook Comments

Veja também

Civil localiza no Maranhão suspeito de estuprar enteadas e prima na Guia

Suspeito de estuprar duas enteadas de 8 e