Militares fazem operação para desativar UPP do São Carlos

Militares fazem operação para desativar UPP do São Carlos

- em Brasil
Comentários desativados em Militares fazem operação para desativar UPP do São Carlos

Militares das Forças Armadas fazem hoje (17) uma operação no complexo do São Carlos, no centro do Rio de Janeiro, em conjunto com a Polícia Militar. O objetivo é desativar a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da comunidade, que será transformada em uma companhia destacada do Batalhão do centro da cidade (5º BPM).

A UPP do São Carlos foi inaugurada em maio de 2011 e atendia às comunidades do São Carlos, Mineira, Zinco e Querosene. Essa foi a sexta UPP reformulada desde o início da intervenção federal na segurança pública do estado do Rio, das quais uma foi extinta e cinco se transformaram em companhia destacada.

Rio de Janeiro - Polícia Militar faz operação no Morro de São Carlos (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Operação no Morro de São Carlos – Tânia Rêgo/Arquivo Agência Brasil

Até o fim do ano, segundo a Secretaria Estadual de Segurança, mais 13 UPPs devem ser extintas ou transformadas em companhias destacadas. O objetivo é reduzir o efetivo das unidades que patrulham essas comunidades e deslocar os policiais para outros locais do estado.

Além de apoiar a reestruturação da UPP, 1.200 militares fazem cerco às comunidades, patrulhas no interior das favelas, retirada de barricadas e cumprimento de mandados. Revistas seletivas de pessoas e veículos também poderão ser feitos.

Militar ferido

Um militar das Forças Armadas ficou ferido durante uma troca de tiros no final da noite de ontem (16), na comunidade da Vila Kennedy, na zona oeste do Rio. Segundo o Comando Militar do Leste (CML), unidade regional do Exército, o soldado foi atingido de raspão por estilhaços, por volta das 23h30.

O ferimento foi considerado leve. Ele foi atendido por uma equipe médica e passa bem. Ainda de acordo com o CML, o patrulhamento das Forças Armadas prossegue no local. Buscas estão sendo feitas na área do confronto.

Fonte: Agência Brasil

Facebook Comments

Veja também

Brasil encerra o ano com vitória sobre Camarões por 1 a 0

Uma dor na virilha tirou o atacante Neymar