Ícone grunge e do movimento feminista, L7 confirma dois shows no Brasil

Ícone grunge e do movimento feminista, L7 confirma dois shows no Brasil

- em Curiosidades
Comentários desativados em Ícone grunge e do movimento feminista, L7 confirma dois shows no Brasil

(Foto: Marina Chavez)

Leia maisEddie Vedder é vaiado em show por piada sobre Copa do MundoEm São Paulo: show de Criolo e Mano Brown é a parceria que dá …
Vinte e cinco anos se passaram desde que o L7, grupo formado somente por mulheres e um dos ícones grunges, se apresentou no finado festival Hollywood Rock, na mesma noite que o Nirvana. Agora, a banda pioneira do movimento feminista norte-americano volta ao Brasil para dois shows.
As tão aguardadas apresentações acontecem dias 1 de dezembro no Circo Voador, no Rio de Janeiro e 2 no Tropical Butantã, em São Paulo. A realização é da produtora Powerline Music.
O quarteto integrado por Donita Sparks, Suzi Gardner, Dee Plakas e Jennifer Finch ganhou popularidade mundial na década de noventa com o álbum Bricks are Heavy, o terceiro da carreira do L7. O grupo acabou em 2000 e retornou às atividades em 2014, lançando até o momento duas músicas inéditas: I Come Back to Bitch e Dispatch From Mar-a-Lago.
Temas como legalização do aborto, defesa das liberdades civis e feminismo fazem parte do trabalho do L7 desde o 1° álbum. São músicas atemporais, raivosas e provocativas, não raramente cheias de sarcasmo, mas ao mesmo tempo encorajadoras.
Uma banda necessária. Hoje e sempre.

SERVIÇOS:
L7 no Rio de Janeiro
Data: 1º de dezembro/2018
Local: Circo Voador
Horário: 19 horas
Endereço: Rua dos Arcos, s/n – Lapa
Ingresso: https://carrinho.tudus.com.br/circo-voador-l7/tickets
1º lote – R$ 90 (promocional/meia entrada)
1º lote – R$ 180 (inteira)
Censura 16 anos
 
L7 em São Paulo
Bandas de abertura: Pin Ups e Deb and The Mentals
Data: 2 de dezembro/2018
Horário: 17 horas
Local: Tropical Butantã
Endereço: Avenida Valdemar Ferreira, 93 – Butantã
Ingressos: http://www.clubedoingresso.com/l7-sp
1º lote $110,00 (promocional/meia entrada)
2º lote 130,00 (promocional/meia entrada)
Camarote 1º lote $180,00 (promocional/meia entrada)
Camarote 2º lote $200,00 (promocional/meia entrada)
Censura: 16 anos
Artistas dos anos 90 que continuam na ativa:

r7ad.printGAds([300, 250], ‘Island’);

Mostrar legenda

Ocultar legenda

Radiohead

O grupo liderado por Thom Yorke retornou poderoso com o disco “A Moon Shaped Pool” e causou comoção nos fãs.

Créditos: Reprodução/vídeo

Pearl Jam

Eddie Vedder é um dos maiores representantes da geração noventa. Ele e sua banda seguem na estrada e servem de exemplo duradouro para muitos outros artistas.

Créditos: Divulgação

Blink 182

A formação mudou (saiu Tom DeLonge e entrou Matt Skiba), mas os rapazes engraçadinhos do Blink estão de volta e lançaram em 2016 o álbum “California”.

Créditos: Divulgação

Garbage

A banda da diva ruiva Shirley Manson acaba de lançar o álbum “Strange Little Birds”.

Créditos: Divulgação

Korn

O guitarrista Brian ‘Head’ retornou ao Korn e deu o maior gás na banda, que fez um dos melhores shows do Rock in Rio 2015.

Créditos: Divulgação

Placebo

O Placebo não sumiu. Eles continuam lançando discos e gravaram o “Unplugged MTV” em 2015.

Créditos: Divulgação

The Prodigy

Os loucões do Prodigy lançaram o violento “The Day Is My Enemy” em 2015 e possuem um dos shows mais procurados da Europa.

Créditos: Divulgação

Smahing Pumpkins

Billy Corgan recrutou seus antigos parceiros de banda (James Iha e Jimmy Chamberlin) para uma volta triunfal em 2018. Porém, sem a baixista D’arcy.

Britney Spears

A estrela do pop dos anos noventa também lançou disco em 2016, o “Glory”.

Créditos: Divulgação

Deftones

Chino Moreno & cia acabaram de lançar “Gore”, um álbum cheio de ambiências, mas sem deixar o peso de lado.

Créditos: Divulgação

Blur

Lançaram “The Magic Whip” em 2015. Vez ou outra a banda se reúne para alguns shows específicos. Mas continuam na batalha.

Créditos: Divulgação

Pixies

A maior banda indie dos anos noventa perdeu a baixista Kim Deal, que deixou o grupo, mas seguiu em frente mesmo assim.

Créditos: Divulgação

Backstreet Boys

A boy band mais querida daquela época está prometendo um novo álbum, mas enquanto ele não sai seguem fazendo shows. Voltem para o Brasil, pliss!

Créditos: Divulgação

Marilyn Manson

O Anticristo Superstar não tem mais a mesma popularidade de antes, mas segue firme e forte. O álbum “The Pale Emperor” foi eleito pela Rolling Stone o melhor de 2015 na categoria heavy metal.

Créditos: Divulgação

Rammstein

Os alemães mais crazy do metal vieram ao Brasil em setembro para se apresentar no Maximus Festival.

Créditos: Divulgação

The Chemical Brothers

Atração principal da edição brasileira do Sónar em 2015, os irmãos da química lançaram um discão: “Born in the Echoes”

Créditos: Divulgação

Weezer

O vocalista Rivers Cuomo e o baixista Scott Shriner gostam mesmo é de jogar frisbee antes de cada show. “Aquece às mãos, concentra a mente e te leva para um mundo interior”, disse Cuomo.

Créditos: Divulgação

Radiohead

O grupo liderado por Thom Yorke retornou poderoso com o disco “A Moon Shaped Pool” e causou comoção nos fãs.

Créditos: Reprodução/vídeo

Pearl Jam

Eddie Vedder é um dos maiores representantes da geração noventa. Ele e sua banda seguem na estrada e servem de exemplo duradouro para muitos outros artistas.

Créditos: Divulgação

Blink 182

A formação mudou (saiu Tom DeLonge e entrou Matt Skiba), mas os rapazes engraçadinhos do Blink estão de volta e lançaram em 2016 o álbum “California”.

Créditos: Divulgação

Garbage

A banda da diva ruiva Shirley Manson acaba de lançar o álbum “Strange Little Birds”.

Créditos: Divulgação

Korn

O guitarrista Brian ‘Head’ retornou ao Korn e deu o maior gás na banda, que fez um dos melhores shows do Rock in Rio 2015.

Créditos: Divulgação

Placebo

O Placebo não sumiu. Eles continuam lançando discos e gravaram o “Unplugged MTV” em 2015.

Créditos: Divulgação

The Prodigy

Os loucões do Prodigy lançaram o violento “The Day Is My Enemy” em 2015 e possuem um dos shows mais procurados da Europa.

Créditos: Divulgação

Smahing Pumpkins

Billy Corgan recrutou seus antigos parceiros de banda (James Iha e Jimmy Chamberlin) para uma volta triunfal em 2018. Porém, sem a baixista D’arcy.

Britney Spears

A estrela do pop dos anos noventa também lançou disco em 2016, o “Glory”.

Créditos: Divulgação

Deftones

Chino Moreno & cia acabaram de lançar “Gore”, um álbum cheio de ambiências, mas sem deixar o peso de lado.

Créditos: Divulgação

Blur

Lançaram “The Magic Whip” em 2015. Vez ou outra a banda se reúne para alguns shows específicos. Mas continuam na batalha.

Créditos: Divulgação

Pixies

A maior banda indie dos anos noventa perdeu a baixista Kim Deal, que deixou o grupo, mas seguiu em frente mesmo assim.

Créditos: Divulgação

Backstreet Boys

A boy band mais querida daquela época está prometendo um novo álbum, mas enquanto ele não sai seguem fazendo shows. Voltem para o Brasil, pliss!

Créditos: Divulgação

Marilyn Manson

O Anticristo Superstar não tem mais a mesma popularidade de antes, mas segue firme e forte. O álbum “The Pale Emperor” foi eleito pela Rolling Stone o melhor de 2015 na categoria heavy metal.

Créditos: Divulgação

Rammstein

Os alemães mais crazy do metal vieram ao Brasil em setembro para se apresentar no Maximus Festival.

Créditos: Divulgação

The Chemical Brothers

Atração principal da edição brasileira do Sónar em 2015, os irmãos da química lançaram um discão: “Born in the Echoes”

Créditos: Divulgação

Weezer

O vocalista Rivers Cuomo e o baixista Scott Shriner gostam mesmo é de jogar frisbee antes de cada show. “Aquece às mãos, concentra a mente e te leva para um mundo interior”, disse Cuomo.

Créditos: Divulgação

Mais galerias

Músicas da Copa 2018

Torcida Brasil

Criolo e Mano Brown em São Paulo

Mais galerias

Músicas da Copa 2018

Torcida Brasil

Criolo e Mano Brown em São Paulo

Fechar X

(function($) {
$(document).ready(function() {
initialize_virgula_gallery(‘#virgula-gallery-1102904’);
});
})(jQuery)

Fonte: Vírgula UOL

Facebook Comments

Veja também

Mulher descobre traição porque espinhas nas costas do marido já tinham sido espremidas

Segundo o site Mirror, o advogado Tolga Aydemir