Estado avança com 10 obras em estradas e beneficia 200 mil habitantes no Oeste de MT

Estado avança com 10 obras em estradas e beneficia 200 mil habitantes no Oeste de MT

- em Cidades
Comentários desativados em Estado avança com 10 obras em estradas e beneficia 200 mil habitantes no Oeste de MT
Foto: Sinfra-Gcom-MTFoto: Sinfra-Gcom-MT

Dez obras de pavimentação e reconstrução de rodovias estaduais são executadas ao mesmo tempo pelo Governo de Mato Grosso, beneficiando pelo menos 200 mil moradores de 12 municípios da região oeste do Estado. As obras fazem parte do programa Pró-Estradas, conduzido pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), e tem mudado a realidade das cidades atendidas com ações que eram esperadas há muitos anos pelos cidadãos.

Com as ações do Pró-Estradas, o Governo do Estado já concluiu mais de 1.800 km de asfalto, considerando as obras de pavimentação e de reconstrução do antigo pavimento, que, no passado, não recebia a recuperação necessária. Nesta sexta-feira (25.08), o vice-governador Carlos Fávaro, acompanhado de deputados e de sua equipe, esteve em viagem pela região Oeste para conferir de perto o andamento destas obras rodoviárias.

Em Jauru, por exemplo, a população comemora o avanço das obras de reconstrução da rodovia MT-248, que liga o município até Indiavaí. “Olhando as máquinas trabalhando, cada vez mais a gente acredita neste Governo. Alguns anos tínhamos uma situação bastante crítica. A rodovia estava cheia de buracos. Eu demorava mais de uma hora entre Figueirópolis e Jauru. Era um trecho muito perigoso que houve vítimas e estamos com a expectativa de ver esta via 100% asfaltada”, disse o pastor evangélico Guilherme Rodrigues.

Os maquinários estão trabalhando no trecho de 12 km até Jauru. O Estado tem se mantido em alerta quanto a qualidade da obra. Tanto que a empresa de consultoria, contratada pelo Estado, identificou imperfeições que surgiram e tem cobrado a imediata reparação do trecho entre Indiavaí e Jauru.

Mirassol D’Oeste

Outra rodovia importante para região é a MT-250, entre Mirassol D’Oeste e Curvelândia, que passa por uma importante obra de revitalização. De acordo com informações da área técnica da Sinfra, o trecho de 21 km, que há anos não passava nem sequer manutenção, recebeu os serviços de recuperação emergencial de tapa buraco e uma camada rejuvenescedora de microrevestimento. A obra está sendo elogiada pelos moradores da região que sofreram com vários acidentes.

Trevo do Sonho Azul

A Sinfra está realizando a reconstrução do Trevo do Sonho Azul na MT-175, que beneficia 11 municípios da região. Há mais de uma década, a população esperava uma obra neste trecho, que tinha alagamento no período chuvoso, onde muitas pessoas sofriam acidente. Atualmente está sendo realizada a reconstrução da base que irá receber em breve a primeira camada de asfalto.

Ainda na MT-175, as obras de reconstrução da rodovia, que liga o entroncamento da BR-174 (região do Cacho) até o município de Mirassol, avançam rapidamente. A meta da Sinfra é fazer a restauração de 62 km até a cidade de Araputanga.

Curvelândia 

A Sinfra também iniciou as obras de reconstrução de 46 km da rodovia MT-170, entre a ponte do Rio Cabaçal, passando por Curvelândia até o Caramujo, chegando a BR-174. Foi finalizado pela Sinfra o serviço de reciclagem e de imprimação em um trecho de 3,6 km, chegando até Curvelândia. A programação para próxima semana é que seja iniciada a reciclagem entre Curverlândia e a Ponte do Rio Cabaçal. Após estes trabalhos, o Estado vai avançar com a reconstrução do asfalto, garantindo mais qualidade para as pessoas que trafegam pela região.

Ainda ao longo  da rodovia MT-170, o Estado concluiu a execução da recuperação da estrada com a aplicação de lama asfáltica entre Lambari D’Oeste e Salto do Céu. A Sinfra também iniciou a reciclagem no trecho de 19 km da Ponte do Rio Cabaçal a Lambari D’Oeste.

Cáceres

Em Cáceres, a Sinfra executa a segunda etapa dos serviços de drenagem na Avenida Tancredo Neves. A obra urbana que dá acesso ao Aeroporto Municipal é uma antiga reivindicação da população cacerense. Além disso, o Estado trabalha para destravar e realizar um sonho da população da região, que é o asfaltamento da rodovia MT-343 que liga Cáceres e Barra do Bugres. A Sinfra está notificando e tomando medidas administrativas cabíveis contra a empresa responsável pelo trecho pelo descumprimento do cronograma de obra, por não estar executando os serviços no ritmo esperado. A medida busca assegurar a continuidade da obra.

São José dos Quatro Marcos

Na rodovia MT-339 entre São José dos Quatro Marcos e Glória D’Oeste, a Sinfra executa o trabalho de recuperação emergencial por meio de ações de tapa buraco. Na próxima semana, será feita a limpeza da vegetação às margens da rodovia, e, em 10 dias, deverão iniciar os serviços entre o trecho de Araputanga e Indiavaí.

Em Campos de Júlio, na rodovia MT-388, foi realizada a terraplanagem de 12 km. A pavimentação deve iniciar após a liberação da licença ambiental que deve sair em breve. No trecho de Araputanga e Reserva do Cabaçal, a equipe técnica da Sinfra também se prepara para determinar o reinício dos serviços de pavimentação.

Sinfra de olho

De olho na qualidade dos serviços executados, a Sinfra identificou graves problemas na execução de parte dos serviços de reconstrução ao longo da rodovia MT-248, entre Indiavai e o Rio Jauru. De imediato, deflagrou procedimento para notificar e cobrar da empresa Campesatto mais qualidade no trabalho prestado ao cidadão. Esclarece, ainda, que enviou o caso para o Ministério Público Estadual (MPE), que abriu Inquérito Civil Público para apurar a responsabilidade.

A empresa se manifestou junto à Sinfra e ao Ministério Público. Em resposta, a Sinfra elaborou uma nota técnica e notificou a empresa. Além disso, neste momento trabalha na elaboração de minucioso estudo mais detalhado com base em ensaios e relatórios técnicos de engenharia feitos na obra rodoviária.

Fiscalização contínua

O Governo do Estado, por meio da Sinfra, tem se comprometido a avançar com a obra de restauração da rodovia MT-175, próximo à Araputanga. Prova disso é que a Sinfra fez a readequação do projeto melhorando a solução técnica de reconstrução e revitalização da MT 175, sobretudo a inserção da reconstrução de toda a drenagem e pavimentação do Trevo do Sonho Azul, no município de Mirassol. Além disso, já conta com orçamento previsto para conclusão da obra. No entanto, o Estado tem esbarrado na ineficiência da empresa que detém o contrato. O Estado tem cobrado de forma ativa a melhoria do serviço prestado.

Facebook Comments

Veja também

ESCLARECIMENTOS – OPERAÇÃO CATARATA

Empresa contesta denúncias sobre supostas irregularidades na Caravana