Educação com gestão e responsabilidade

Educação com gestão e responsabilidade

- em Política
Comentários desativados em Educação com gestão e responsabilidade

Independente da época que estejamos passando, o gestor tem a obrigação de se preocupar com a população, que por meio democrático, o elegeu e confiou o voto para que este faça a melhor administração do seu município. E é exatamente esse voto de confiança que honrarei até meu último dia como prefeito de Cuiabá.

Um dos meus princípios quanto gestor é a valorização do servidor público. Faço questão de pagar o salário em dia e manter as contas da Prefeitura sadias e corretas. Inúmeras vezes recebemos os representantes dos servidores da Educação em meu gabinete para dialogarmos, tanto eu como o secretário de Educação Alex Passos, para tentarmos atender as demandas da classe. Acho muito justo o motivo pelo qual lutam, mas preciso dizer que tenho que ter responsabilidade com o dinheiro público. Gostaria muito de atender todas as reivindicações, mas existem limitações fiscais que não me permitem tal ação.

A última revisão da Lei Orgânica aconteceu há oito anos e, de forma inédita, cumprindo um compromisso feito aos profissionais da Educação, demos 100% de liberdade para que o sindicato, os servidores e a Secretaria de Educação promovessem a revisão da Lei que garante o ganho real de 3,58% para cada ano e que será encaminhada ao Legislativo Municipal. Lembrando que é uma nova lei, com avanços significativos, que a tornarão exemplo em todo o país. Isso é valorização do servidor público.

Quero ressaltar que dos nove itens que nos foi enviado, oito foram atendidos ou encaminhados para atendimento no prazo legal e apenas um não foi atendida por completo.

Por isso determino à minha equipe e peço a todos servidores da Educação e ao SINTEP que continuemos as negociações. Estamos muito próximos do acordo e precisamos juntos pensar nas 55 mil crianças da nossa amada Cuiabá.

Juntos encontraremos uma saída!

Com Assessoria

Facebook Comments

Veja também

Operação Ippon investiga irregularidade tributária em Instituto contratado em 2014

A Procuradoria Geral do Município acompanha os trabalhos