Com Pitty de madrinha, Women’s Music Event ressalta atuação das mulheres na música

Com Pitty de madrinha, Women’s Music Event ressalta atuação das mulheres na música

- em Curiosidades
Comentários desativados em Com Pitty de madrinha, Women’s Music Event ressalta atuação das mulheres na música

(Foto: divulgação) Pitty

Leia mais12 invenções de mulheres que mudaram o mundo, da cerveja à …De Anitta a Fátima Bernardes: 10 mulheres brasileiras e …
No mês da mulher, nada mais inspirador do que um evento que reconhece o papel e a atuação direta das mulheres na indústria da música. Estamos falando da edição 2018 do Women’s Music Event, que rola dias 16 e 17 de março no Centro Cultural de São Paulo. 
A plataforma, idealizada por Claudia Assef e Monique Dardenne, discute o protagonismo da mulher no mercado musical brasileiro em workshops e painéis formados por um time de palestrantes especiais e 100% feminino. Outro atrativo do WME são os shows espalhados pela capital paulista. Este ano terá apresentações de Karol Conka, Flora Matos, Luedji Luna, Luiza Lian, Nina Becker, Bloco Pagu, Far From Alaska e Alice Caymmi, além de DJ sets com Marina Dias, Paula Chalup e a argentina Ana Helder.
A diva roqueira Pitty é a madrinha escolhida para esta edição e participará de uma conferência onde irá falar sobre a história do rock nacional.
Apesar da participação nos painéis e workshops durante todo o dia de programação ser paga, a entrada e acesso aos shows, especificamente no CCSP, é gratuita e aberta ao público.
É o rolê certo no mês da mulher! <3
(Foto: VtaoTakayama) Claudia Assef e Monique Dardenne
SERVIÇO:
WOMEN’S MUSIC EVENT 2018
Onde: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000, Liberdade, São Paulo
Quando: Sexta, 16 de março, a partir das 12h30 (credenciamento a partir das 11h)/ Sábado, 17 de março, a partir das 14h30 (credenciamento a partir das 14h)
Ingressos: R$ 40 e R$ 20 por dia; passaporte contemplando 2 dias de CCSP + Clube Jerome + Jazz nos Fundos: R$ 150 (R$ 75 meia)
Jazz nos Fundos
Quando: Sexta, 16 de março, a partir das 22h30
Onde: Rua Cardeal Arcoverde, 742, Pinheiros, São Paulo
Shows: Nina Becker e Luedji Luna
Ingressos: R$ 40 (acesso a livre para quem comprou o passaporte completo)
Clube Jerome
Quando: Sábado, 17 de março, a partir das 23h30
Onde: Rua Mato Grosso, 398, Higienópolis, São Paulo
Line-up: Marina Dias, Paula Chalup e a argentina Ana Helder.
Ingressos: confirmando presença no evento R$ 50 de entrada ou R$ 110 de consumo; na porta, R$ 80 ou R$ 130 de consumo (acesso a livre para quem comprou o passaporte completo)
Festa de encerramento House of All
Quando: Domingo, 18 de março, a partir das 15h
Onde: Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 47, Pinheiros, São Paulo
Line-up: Bloco Pagu, Drik Barbosa, Lurdez da Luz, Mariana Mello, Clara Lima, DJ Mayra Maldjian e Karol Conka
Evento Gratuito

10 mulheres brasileiras e inspiradoras da atualidade

1 de 11

<!– r7ad.printGAds([728, 90], ‘SuperBanner2’); –>
<!– –>

<!– r7ad.printGAds([300, 250], ‘Island2’); –>
<!– –>

Anitta
Anitta mostrou que é muito mais que um rostinho bonito e um corpo que rebola munido de hits radiofônicos. Em 2017, a funkeira deu uma lição de empreendedorismo e liderança da própria carreira que a fez subir de patamares e ser eleita a ‘Mulher do Ano’ pela revista GQ Brasil . Foi só tiro certeiro!

Créditos: divulgação

Fátima Bernardes
A apresentadora mais querida do Brasil se reinventou na vida. Na parte profissional, deixou o jornalismo de lado e fincou o pé no sucesso com o programa ‘Encontro com Fátima Bernardes’. No pessoal, se divorciou de William Bonner em 2016 e encontrou um novo amor 25 anos mais jovem que ela, o advogado e cheio de vida Túlio Gadelha.

Créditos: divulgação

Paula Bellizia
Paula é considerada uma das mulheres mais importantes do mundo. De funcionária da área de marketing da Whirpool, seu primeiro emprego, se tornou Presidente da Microsoft Brasil, passando antes pela Telefônica, Facebook e Apple. Ao site da Exame, ela relembra quando foi convidada para assumir o cargo: ‘Um dia, recebi uma ligação e me disseram: ‘Vem ser a líder no Brasil’. Não dormi!”.

Créditos: divulgação/ Raquel Espirito Santo

Celina Turchi
A médica e cientista brasileira de 64 anos é considerada pela ‘Revista Time’uma das 100 pessoas mais importantes do mundo. Atuante na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) de Pernambuco, Celina ganhou o título de influenciadora mundial pelo papel que desenvolveu na investigação dos casos de microcefalia e a relação com o vírus Zika. A revista britânica ‘Nature’ a colocou na lista dos dez cientistas mais importantes dos últimos anos.

Créditos: divulgação

Jojo Todynho
A funkeira carioca de 21 anos é o maior exemplo de quebra de paradigmas. Negra, gorda e de cabelo crespo, os holofotes se viraram para ela após o estouro do hit ‘Que Tiro Foi Esse?’. Jojo apareceu em tudo quanto é mídia e desfilou pela Beija-Flor no Carnaval, estampando pra todo mundo que padrão de beleza é coisa do passado.

Créditos: reprodução

Leila Pereira
Presidente da Crefisa, a empresária virou ídola dos palmeirenses ao injetar mais de 300 milhões no Palmeiras, estabelecendo o time financeiramente com o patrocínio de peso e elevando a auto-estima dos jogadores e da torcida. Segundo o site da Exame, Leila tem um objetivo: virar a mandatária do Palmeiras.

Créditos: divulgação

Ivete Sangalo
Tem exemplo maior de mulher do que Ivete Sangalo? Linda, talentosa, divertida e ostentando um barrigão de gêmeos durante 2017, que nasceram em fevereiro deste ano em noite de Carnaval. Na gestação, a cantora se apresentou no Rock in Rio, sambou, inventou coreografia e não parou de trabalhar um segundo sequer. Veveta é inspiração que exala luz e vida.

Créditos: reprodução

Luisa Dörr
Com 28 anos de idade, a fotógrafa tem em seu currículo 12 capas da revista ‘Time’, quando participou do projeto ‘Firsts’, em que clicou algumas das mulheres mais influentes do mundo. Detalhe: todas as fotos para a capa da revista gringa foram feitas com um iPhone. A brasileira também já colaborou com as publicações ‘The Telegraph’, ‘Marie Claire South Korea’ e ‘Vice’.

Créditos: reprodução

Adriana Behar
A ex-jogadora de vôlei de praia e medalhista olímpica foi escolhida como uma das mulheres mais inspiradoras de 2017 pela emissora britânica BBC.

Créditos: reprodução

Mc Soffia
Com somente 13 anos de idade, a rapper paulistana é outra brasileira que entrou na lista de mulheres mais inspiradoras de 2017, feita pela BBC. Desde os 11 anos a menina combate o racismo e o preconceito em músicas como ‘Menina Pretinha’ e ‘Barbie Black’, mostrando que o futuro do hip hop brasuca é delas.

Créditos: reprodução

Mulheres brasileiras e poderosas da atualidade

Créditos: montagem

Mais galerias

Comportamento
A cabeleira de Marouane Fellaini

Comportamento
Como foi o primeiro casamento gay do Copacaba Palace

Comportamento
Cortina permite usar smartphones e tablets no banho

Anterior
Próxima

Fonte: Vírgula UOL

Facebook Comments

Veja também

Vídeo mostra o ator Joaquin Phoenix caracterizado como Coringa

(Foto: reprodução Twitter) Leia maisEmilia Clarke faz tatuagem