Arquidiocese de Cuiabá lança o 32º Vinde e Vede

Arquidiocese de Cuiabá lança o 32º Vinde e Vede

- em Folha3
Comentários desativados em Arquidiocese de Cuiabá lança o 32º Vinde e Vede
Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

A Arquidiocese de Cuiabá realiza na manhã desta quinta-feira, 14 de dezembro, o lançamento do “32º Vinde e Vede – 2018”. O lançamento será realizado a partir das 7h30, no Memorial Papa João Paulo II, bairro Morada do Ouro, em Cuiabá. Participam a imprensa cuiabana e lideranças religiosas. O maior evento religioso católico e cívico será realizado nos dias de Carnaval 10,11,12 e 13 de fevereiro de 2018 e terá como foco o jovem como centro da evangelização.

“Realizamos sempre o lançamento do evento para explicar à sociedade sobre o tema do evento e detalhar a programação. Por isso, contamos com a ajuda de toda imprensa cuiabana e das lideranças religiosas, a exemplo da Renovação Carismática Católica, do Movimento Sacerdotal Mariano e da coordenação geral da Arquidiocese de Cuiabá”, declarou o arcebispo metropolitano Dom Milton Antônio dos Santos.

Dom Milton adianta que a 32ª edição do carnaval católico terá quatro tardes de evangelização, com catequese, momentos de louvor, agradecimento e intercessão. “Serão quatro tardes de músicas com mensagens, músicas litúrgicas e músicas de fé. Afinal, será o verdadeiro carnaval trazendo a alegria e a palavra de Deus”.

O 32º Vinde e Vede 2018 inicia no sábado, dia 10 de fevereiro, às 18h com o Micarecristo e segue até às 5h de domingo. Se apresentam Frei Gilson e as bandas F2, União Samba e Colo de Deus. Dia 11 de fevereiro, domingo, a partir das 13h, a programação com as pregações inicia com o fundador da Comunidade Missionária Gratidão de Minas Gerais, o pregador Jean Berthier.

Na segunda-feira de Carnaval (12) haverá, à tarde, o ‘Mega Cenáculo’ com representantes do Movimento Sacerdotal Mariano de vários lugares do Brasil. E, dia 13 de fevereiro, será realizado o lançamento da Campanha da Fraternidade 2018 que tem como tema fratenidade e superação da violência e o lema “Em Cristo somos todos irmãos!” (Mt 23,8).

O Arcebispo Dom Milton ressalta que a violência está presente em vários segmentos da sociedade. Seja na rua, dentro de casa, pela condição social, pelo gênero, nos meios de comunicação e até na intolerância das palavras. “Toda violência exclui, toda violência mata. Devido ao seu alto grau de complexidade, o tema violência será discutido, refletido e aprofundado”. Dom Milton, também complementou sua fala dizendo que se entende por violência qualquer ação contra a vida ou a sociedade que possa causá-las prejuízo ou destruí-las por completo.

 

Facebook Comments

Veja também

Inscrições para palestra e workshop de fotografia já estão abertas

No dia 08 de janeiro, o Brasil celebra